Memórias e Narrativas 5: por Larissa Rodrigues

Larissa Rodrigues encontrou na música do Quarteto em Cy a força necessária para superar momentos difíceis de sua vida. Essa jovem de apenas 16 anos, é quem narra suas memórias em Cy neste quarto post da série.

 

 

Meu nome é Larissa, tenho 16 anos, e sou admiradora desse Quarteto maravilhoso desde pequena. Cresci ouvindo o Quarteto, indo pra escola ao som do grupo, e quando chegava, lá estavam elas de novo cantando e me encantando.

Fiquei muito honrada com o convite da Bia para escrever sobre o Quarteto, e ao mesmo tempo com certo frio na barriga, pensando no que escrever, já que nunca as vi pessoalmente, nem assisti a nenhum show. Mas, resolvi na cara e na coragem escrever assim mesmo, afinal um convite como este é irrecusável.

Sempre ouvi MPB, desde criancinha, e os discos do Quarteto sempre estiveram entre os e mais tocados. Mas, essa minha paixão maior surgiu, mais ou menos, há uns cinco anos atrás, quando perdi uma pessoa muito especial, e então a música me salvou de uma depressão. Entrei de cabeça no universo musical, todo tipo de pesquisas, aulas de música, e um grupo sempre estava por traz disso tudo: o Quarteto em Cy.

São essas quatro meninas, minhas maiores referências musicais, que conseguem me arrepiar, é impossível ouvi-las cantando e não me emocionar com essas quatro vozes divinas. Acredito que se Deus cantasse, seria com essas vozes. Várias vezes me pego ouvindo-as e as lágrimas nascem involuntariamente.

O Quarteto também de deu de presente, amigas maravilhosas – Ana, Bia e Angel -, que conheci ano passado, quando eu pensava que era a única adolescente que ouvia o Quarteto. Não lembro ao certo como as conheci, mas foi um dos melhores momentos e, através delas, pude chegar até a Cynara que é a única com quem mantenho um contato mais próximo. Nunca vou esquecer a emoção que senti quando ouvi a voz dela ao telefone, tremi toda e não sabia o que falar.

Espero ansiosa o dia em que vou poder vê-las cantando ao vivo e dar em cada uma delas um abraço acumulado de anos. Um dia eu chego lá!

Gostaria de agradecer imensamente à Bia pelo convite, e agradecer também ao Quarteto por fazer parte da minha vida!

Muito Obrigada!

Texto: Larissa Rodrigues

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s